segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Trabalhar na Disney foi um sonho

Ter trabalhado no Walt Disney World foi uma das melhores experiências que tive.
Uma equipe super diversificada , de várias partes do mundo que complementam o encantamento do lugar.
Se tivesse criado o blog há alguns anos atrás poderia dar dicas pra aqueles que tem interesse em trabalhar na companhia. Mas aí se passaram alguns anos e muita coisa já mudou.
Mas vou relatar pra vocês minha vivência como Disney Cast Member.














Fiz um curso em 1998 na St.Loui Travel Academy, em St. Loui no Estado de Missouri, pra onde me mudei devido ao trabalho do meu marido que é piloto e estava em início de carreira.
 Foi um super intensivão na área de turismo, abrangendo codificações, ticketing, noções básicas de customer service, hotelaria , etc.
Antes do curso ser concluído meu marido foi mais uma vez transferido. E pra minha sorte, pra Orlando.
O que mais eu poderia querer? Corrí pro prédio do "Disney cast member"que é uma central de contratação de novos funcionários da Disney .
Lá você toma conhecimento das vagas disponíveis , já aplica, faz todas as entrevistas no mesmo dia. Não sei se atualmente ainda é assim, mas foi incrível a eficiência da equipe de recursos humanos que agia com rapidez e organização .


 

Após a confirmação de que a vaga é sua, você é encaminhado as treinamentos da Disney University, onde até hoje ainda faço alguns cursos como agente de viagem.



Lembro que fiquei "escolhendo" pra qual das vagas iria me candidatar. Estava na dúvida se optava pela carreira que pensava em seguir ou pelo salário que desejava receber.
Estava entre front desk e waitress num dos restaurantes dos parks. A hora paga pra um garçon no Estado da Flórida era em média $2,00. E eu, me "achando" claro que optei pelo hotel que era na minha área e pensava eu que o salário era melhor.
Pouco tempo depois descobri que maior parte do salário dos garçons era tip. Ou seja, meu amigo que escolheu o restaurante recebia em média $800,00 por semana, enquanto euzinha pouco mais de 300.
Mas tudo aquilo que viví não teve preço, valeu cada dia , cada novo amigo, cada minuto dispensado ao atendimento aos cliente na sua chegada. Foi realmente mágico!
Eu trabalhei no Coronado Springs Resort.



Cada hotel da Disney  representa uma região , e esse fazia menção ao sudoeste dos Estados Unidos onde os hóspedes revivíam o romantismo Hispano-colonial do México com suas casitas coloridas , ranchos rústicos e cabanas a Beira-mar que no caso, era um lago.
O mais interessante era a importância que empresa dispensava ao entrosamento de toda a equipe. Todos os dias da semana, havia algum encontro da galera do front desk daquele hotel. Daí só iam os que estavam de folga, claro.  Mas o nosso crew era enorme, e não era problema se perdesse a balada de hoje, pois amanhã teria outra.


E pra finalizar só há uma coisa a dizer.
Valeu a Pena ee...valeu a Pena ee...!!!






Nenhum comentário:

Postar um comentário